• Jaqueline Ott Silva

5 TENDÊNCIAS DO INSTAGRAM PARA 2020

Atualizado: 15 de Dez de 2019


Que o Instagram é uma ferramenta dinâmica e que está em constante atualização, todos sabemos. Por isso, é interessante ficar de olho nas tendências pra não perder o "bonde". Selecionei algumas possíveis tendências garimpadas em sites especializados no assunto. Vamos lá então:

1 - FOCO EM CRIADORES DE CONTEÚDO

Os testes em contas especiais para criadores de conteúdo lá em meados de 2018 deixavam bem evidente que a plataforma estava disposta a aprimorar sua interface para abarcar quem quisesse criar conteúdo dentro dela. Várias atualizações depois, hoje temos não só a diversidade de conteúdos para feed mas também a criação extensa de filtros para stories, conteúdo informativo no IGTV. A gente aposta bastante que o Instagram que ser esse espaço ideal para todo mundo e vai seguir se adequando pra fornecer ferramentas que deixem os usuários mais livres para criar conteúdo, independentemente do seu formato.

2 - QUEDA DE ALCANCE EM 2020

Sim, isso já é uma realidade para os usuários e vai ficar pior. Mais pessoas online, mais anúncios = mais disputa por atenção na timeline. Essa é uma matemática simples.


Entre os meses de janeiro e junho deste ano, uma empresa americana de análise de dados focou seus estudos no engajamento do Instagram. Para a análise, foram utilizadas mais de três mil contas de marcas com números entre 12 mil e 8 milhões de seguidores. O resultado é algo que todas as contas de marcas já vem sentindo: a queda do engajamento mês a mês.


Um outro fato muito interessante é que, em agosto deste mês, o Facebook dobrou a quantidade de anúncios dispostos na rede social, que hoje é responsável por um quarto da receita geral do império de Mark Zuckerberg.


3 – CUIDADO COM A SAÚDE MENTAL DO USUÁRIO

Quem vê feed não vê coração. De acordo com estudos da Royal Society for Public Health, o Instagram encabeça a lista de redes sociais mais prejudiciais à saúde mental de seus usuários.


De acordo com o estudo, 64% das pessoas entre 18 e 29 anos possuem contas na rede social. Em meio a um mar de conteúdos com momentos perfeitos, viagens, vídeos, fotos e edições bem elaboradas, é muito fácil cair em gatilhos de ansiedade e solidão, principalmente sendo o público que mais produz conteúdo e, consequentemente, o que se expõe com mais frequência.


E mesmo que a plataforma tenha adicionado uma aba onde podemos monitorar a nossa atividade dentro da plataforma, com a média de tempo que gastamos dentro da rede e até mesmo lembretes para limitar o uso diário, a taxa de evasão por motivos de saúde mental é algo que ameaça a hegemonia do aplicativo.


4 – VÍDEO DE LONGA DURAÇÃO

O IGTV é uma alternativa para não quebrar as histórias do Instagram em vários clips. Uma ferramenta que vem ganhando mais adeptos, principalmente para os criadores de conteúdo.


5 – CRESCIMENTO DOS INFLUENCERS

Quem entra nas redes sociais quer ver pessoas, interagir com pessoas. Portanto, quem apostar em assimilar melhor a sua marca, investir em autoridade e posicionamento vai estar saindo na frente.

Fonte: https://postgrain.com/

https://vivademarketing.com/

Imagem: <a href="https://br.freepik.com/fotos-vetores-gratis/fundo">Fundo foto criado por rawpixel.com - br.freepik.com</a>

21 visualizações